top of page

Overtime X Carmel Puppy Parents

Public·19 Big Dawg Parents
Mark Cruz
Mark Cruz

Principales Mitos Sobre La Seguridad Y El Cumplimiento De TI: AZMATH


Full Text Available Este artículo presenta un análisis de los cambios fundamentales en la orientación teórica de la seguridad europea en el mundo post-Guerra Fría. El objetivo fundamental es investigar el desarrollo de nuevos conceptos de la seguridad europea en el contexto de la integración europea y analizar las principales posibilidades de establecer un nuevo paradigma de seguridad respecto al futuro desarrollo de la política de seguridad de la Unión Europea (UE. El punto de partida del análisis es el discurso social sobre nuevos riesgos y desafíos de la seguridad europea y la relación entre la percepción de una lista de nuevas amenazas y la formulación y formación de una nueva política de seguridad. El foco del análisis es la Unión Europea y los discursos contemporáneos en cuanto a la génesis de un nuevo paradigma de seguridad a escala de la UE y su Política Exterior y de Seguridad Común (PESC. This article presents an analysis of the fundamental changes affecting the theoretical orientation of the European security in the post-Cold War World. The main objective is to investigate the development of new European security concepts in the context of European integration and to analyze the chief possibilities of establishing a new security paradigm with regard to the future development of the security policy of the European Union (EU. The starting point of the analysis is the social discourse on new risks and challenges for the European security and the relation between the perception of a list of new menaces and the formulation and formation of a new security policy. The focus of the study is the European Union and the contemporary discourses concerning the genesis of a new security paradigm fit to scale of the EU and its Common Foreign and Security Policy (CFSP.




Principales mitos sobre la seguridad y el cumplimiento de TI: AZMATH



Full Text Available O presente artigo visa suscitar uma reflexão crítica sobre a utilização do paradigma cartesiano nas ciências denominadas humanas e questiona a utilização dos modelos epistemológicos de causa e efeito nesta área. Contempla um estudo sobre o enfoque sistêmico, indicando que este não surgiu do vazio, mas na evolução da própria ciência na tentativa de explicação dos fenômenos complexos. Para uma melhor compreensão do tema, destacam-se os conceitos principais deste novo paradigma e se propõe um detalhamento do paradigma da complexidade como uma das expressões mais relevantes e atuais do enfoque sistêmico. Conclui-se levantando algumas críticas que têm surgido ao modelo.El artículo presente busca proporcionar una reflexión crítica sobre el uso del paradigma Cartesiano en las ciencias humanas y cuestiona el uso del modelo epistemológico de causa y efecto en esta área. Contempla un estudio en el enfoque sistémico, mientras indicando que lo mismo no surge en el vacío, pero en la evolución de la propia ciencia en el esfuerzo de explicación de los fenómenos complejos. Para una mejor comprensión del tema, son destacados los conceptos principales de este nuevo paradigma, y se propone una especificación del paradigma de la complejidad como una de las expresiones más pertinentes y actuales del enfoque sistémico. Se concluye con el levantamiento de algunas críticas que se hacen al modelo.The present article intends to provide a critical reflection on the use of the Cartesian paradigm in the human sciences. It questions the use of the epistemological models of cause and effect, based on a study on the systemic focus which has not appeared in an emptiness, but rather in the evolution of science itself, in an attempt to explain the complex phenomena. For a better understanding of the theme, some main concepts of this new paradigm are brought to light. Moreover, this study brings forward details of the paradigm of complexity


Full Text Available O texto levanta os perfis epistemológico e socianalítico da questão paradigmática. Mauss evidenciara o moule affectif das noções científicas de força e causa. Posteriormente Baudouin falaria na indução arquetípica das noções e a antropologia do imaginário de Durand concluiria pela indução arquetipal do conceito pela imagem. Chegava-se, assim, ao desvendamento do substrato inconsciente das ideações, de um substrato regido pela catexis vetorializada, traduzindo-se nos valores como cerne das ideações. É o famoso a priori emotivo. Portanto, no texto, questionam-se dois mitos, esteios da ciência clássica: o mito da objetividade científica e o da neutralidade axiológica. Destaca, assim, a falácia da existência de uma ruptura epistemológica entre ciência e ideologia. A partir daí, as ideações tornam-se ideologias, sobretudo nas ciências do homem e nas ciências da educação que, ademais, tornam-se suporte de uma disfarçada luta ideológica, na qual, num "colonialismo cognitivo", as estratégias de conhecimento dissimulam as de preconceito. Entretanto, assumir a realidade desse suporte fantasmanalítico e ideológico propicia uma tarefa educativa salutar: os paradigmas tornam-se fantasias e, nessa relativização crítica, podem ser usados como um campo de objetos transicionais coletivos num ludismo cultural e educativo. No policulturalismo da sociedade contemporânea, o "politeísmo de valores" de Weber transforma-se num "politeísmo epistemológico", regido pelo "relativismo ontológico" de Feyerabend e por uma ética do pragmatismo. Articulando cultura, organização e educação, a antropologia das organizações educativas e a culturanálise de grupos de Paula Carvalho traduzem as heurísticas dessa dialética transicional.The text draws the epistemological and socioanalytic profiles of the paradigmatic question. Mauss evinced the moule affectif of the scientific notions of force and cause. Later, Baudouin would 041b061a72


About

Welcome owners of Overtime X Carmel puppies! Post photos and...
bottom of page